domingo, 19 de novembro de 2017

Sentir da Alma

Chega a uma altura da nossa vida e da nossa caminhada que não podemos mais deixar de fazer o que a nossa alma sente. Esse impulso essa intuição... o mistério do ser...

Como reconhecer o que alma nos diz? Bastará apenas meditar e sentir naqueles momentos tão nirvanicos e tão mágicos? Talvez fosse assim se pudéssemos estar sempre nesse espaço tão doce, terno e cândido que nós temos. Mas não é assim porque se fosse, não estaríamos na fisicalidade, estaríamos na reunião com o TODO em AMOR incondicional.

Estamos aqui e agora para vivenciar em co-criação o amor. Para aprender em cada acção, emoção e pensamento a SER esse Amor e só o conseguimos através do sentir da alma.

Tu podes por exemplo pensar que queres ficar calado mas se a tua alma assim o escolher pode-te levar a falar, a falar, a falar... sem muitas vezes teres consciência do porquê...

Que estranha esta nossa alma que faz com que nos coloquemos como observadores do nosso pensamento e nessa qualidade de observadores, sentir o que afinal é bom para nós.

Não se esqueçam que para sentir a alma temos de acalmar o pensamento, domar a mente e as emoções, e sentir a subtileza daquele momento de vacuidade tão repleta de AMOR ardente.

Assim, inebriados pelo AMOR e pelo sentir da Alma, transcendemos a nossa própria existência e ficamos em contacto com DEUS.


Perante isso quem ousa refrear-nos pela indignidade do controlo, dos julgamentos e da acusação de sermos pecadores?

Quem ousa mais dizer que “Eu não sou digno”? Quando nele habita esta capacidade imensa de AMAR e que o liga a DEUS, porque só DEUS ama assim.

Respeitar o sentir da Alma é a porta para a Ascensão..

Sintam o imenso AMOR que há dentro de cada um de vós.

Fiquem bem.

(A Mónada)

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

A Beleza da Natureza


Está na natureza
o poder da salvação
no meio de tanta pureza
encontra-se toda a emoção
                   
Emoção ao ver com carinho
o cair da neve com leveza
tão branca e de mansinho
pinta toda a natureza
                    
Natureza pura e tão agreste
para um olhar deslumbrante
ao ver como ela se veste
da forma mais provocante
                   
Provocante ao pisar o chão
sente-se um arrepio de prazer
cresce com a emoção
ao pensar no laser
                   
No laser e no trabalho
usa-se a imaginação
é só escolher o baralho
e jogar com o coração
                   
Coração adormecido ao luar
sente a vibração de certeza
ao ver o Céu a brilhar
numa noite cheia de beleza
                   
Beleza ao contemplar
as estrelas em cascata
sente a magia do verbo amar
numa noite de lua cor de prata

ROSA

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Viver Intensamente no AGORA


"Não deixes passar esta fase. Não fiques à espera que ela passe. Não fiques à espera que, com ela, passe todo este desconforto e tristeza. Cada fase que vivemos na vida é para ser aproveitada, para ser sentida, para ser integrada.

Integra todos estes acontecimentos na tua energia. Abre a tua estrutura energética para que caibam todas as coisas que te acontecem. Para que elas mexam contigo, para que elas te mudem.

Esta fase é a melhor fase para a tua alma. Ela gosta de mudança, gosta de rearmonização. Deixa que esta fase te mude, te rearmonize. Ela traz consigo o ser que estás para ser, se conseguires senti-la e trabalhar com ela. Não desprezes o poder desta fase. Não te demitas da evolução que ela promove.

E quando tudo tiver passado, quando tiveres cruzado esses mares revoltos, vais por fim encontrar o mundo novo, e vais perceber que eu afinal tinha razão."

O LIVRO DA LUZ – Pergunte, O Céu Responde, de Alexandra Solnado.

Estas são palavras de Jesus que nos chama a atenção para vivermos no "aqui e agora", não nos esquecendo nunca de que nada é deixado ao acaso e por isso todos os momento merecem ser vividos de forma muito vivida e atenta.

Para fazermos isto é preciso que saibamos como sentir e integrar estes momentos, no nosso corpo etérico físico, antes de permitirmos a abertura dos restantes corpos mais subtis. Isto só se deverá efectuar em ligação com a nossa consciência expandida, quando estamos em “modo de aprendizagem”, sem ter perante nós os filtros egoicos da crítica, julgamento e objecção, baseados no nosso sistema de crenças e mitos.

Com esta abertura, a nossa consciência interliga-se com o nosso subsconsciente e inconsciente, permitindo que todo o nosso ser disponha de todo o seu potencial para a plena cognição, que mais não é do que experiênciação e vivência de cada momento que passamos ou vivemos.

Na medida em que estabelecemos esta abertura e conexão com níveis superiores mais subtis do nosso Ser, estamos também a interligar-nos com o inconsciente colectivo de toda a Humanidade e por isso a permitira verdadeira expressão do Divino que a todos nos anima.

Este é o segredo do “Poder do Agora” e a razão do porquê que as nossas almas gostam, pois só nestes momentos é que normalmente conseguimos estar totalmente envolvidos e focados, com total abertura para todos os acontecimentos que nos surjam.

Porém estes momentos só nos acontecem em circunstâncias nem sempre muito felizes, aquelas a que apelidados de “fases da vida” a muitas vezes queremos fugir ou furtar-nos. Ora o que nos dizem estas palavras de Jesus, é devemos exactamente fazer o contrário, pois só quando a passarmos neste estado de consciência mais expandida, é que nos vamos aperceber do nível de aprendizagem em que estamos embebidos e do nível de sabedoria e evolução que esta fase nos traz.

Este é o caminho da Glória e do Homem Novo… e a forma certa de o percorrer.

Não deixes que a Vida passe por ti… antes, vive cada momento com se fosse o último.

Vive os teus momentos, e em particular esta fase, com a Paixão da Redenção, em plenitude do AMOR que encerra a tua essência. Vais ver que irás sentir-te muito Amado...

Fica bem.

(A Mónada)

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Doença?!?!?!


Será que aquelas manifestações físicas incómodas e por vezes até muito dolorosas, serão mesmo doenças físicas? Realmente muitas dessas sensações manifestam-se através da parte física, mas qual será a sua verdadeira origem? Já pensaste que poderás ser tu que através dos tempos, foste criando as tuas doenças? Pensa bem pois compreenderás rapidamente que tudo tem a ver com a forma como tens Experienciado as tuas VIDAS.

Como decerto já ouviste falar, a medicina Convencional, define doença, como a alteração das funções de um tecido celular, orgão ou glândula, provocado por algum agente nocivo às células. Na medicina Alternativa ela é tida como um desiquilíbrio energético do organismo humano, causado por agentes nocivos à Energia Vital. A doença é uma demonstração de uma reacção do organismo, perante a agressão que está a ser feita, através dos pensamentos, dos alimentos, das emoções e dos comportamentos. Ser saudável é viver em estado de positividade, não é apenas a ausência de sintomas de doença. A doença não é mais do que o desiquilíbrio na harmonia entre o teu corpo ea tua mente.

Como sabes o Ser Humano é um SER completo, com características únicas, com corpo, alma, mente e emoção, e como tal, para chegares à Cura é necessário tratares tudo em conjunto. Deves tratar, a causa do problema, a sua origem e não só o sintoma, o que é ainda o que muitos teimam em fazer não conseguindo bons resultados.

A prevenção daquilo a que chamas doença, é imprescindível, é mais fácil prevenir, do que tratar algo já instalado no teu corpo físico, habitua-te cada vez mais, a fazer do teu dia a dia, uma jornada de Sabedoria, perante todas as situações, sê positivo sempre, mostra-te disponível e motivado para a mudança constante de ti em todas as áreas. Usa as ferramentas que te têm sido indicadas, como por exemplo, a Meditação, o Reiki, o Yoga, e outras que queiras escolher e com as quais te sintas bem. Podes tomar como certo que elas agora devem fazer parte da tua Higiene diária Interior. Não fiques admirado! Não tratas do teu Exterior? – Claro que sim! Então é de extrema importância que também trates do teu Interior, para que te mantenhas em equilíbrio, pois a saúde é a tua maior Riqueza.

Mas para que tudo se conjugue na perfeição, para um bom resultado final, é que te encontres, com um bom nível de Vitalidade e Resistência, que façam frente, a essa possível doença. Ora a tua Vitalidade, provém dos recursos energéticos do teu corpo, recebes energia do sol, dos alimentos,
da água, e do ar que respiras. Essa energia transforma-se em Energia Vital no teu corpo, é a Vitalidade que te mantém vivo. Quanto mais Vitalidade tiveres, mais forte te sentirás, será melhor o teu estdo físico, e sentirás também uma forte inspiração, assim sendo, fazendo a tua Higiene Interior e aumentando a tua Vitalidade, criarás a Resistência necessária para impedir que a «doença» se instale no teu corpo físico.

A Cura implica o restauro do equilíbrio, e a verdadeira saúde em mantê-lo. Tens de usar de grande força de vontade, para obteres a Cura, porque só com a tua participação activa a alcançarás. E qual a melhor solução para atingires este objectivo? Muito simples:

- CONHECE-TE A TI PRÓPRIO.


E ainda te digo mais:

- NÃO EXISTE DOENÇA
- NINGUÉM CURA NINGUÉM
- NADA CURA NADA.


TU ÉS A CURA DE TI PRÓPRIO.

Já te esqueceste de quem és? És Luz da Luz, um Ser Divino, como podes estar doente? Fica bem atento, observa em teu redor, e analisa quem está a usufruir da tua doença, da tua dor, do teu sofrimento, agora que já percebeste, sê justo contigo. Liberta-te desses sintomas doentios que te consomem a alegria de Viver, e que te tornam numa vitima da Ilusão. Agora vives no Alvorecer de um Novo Mundo, no qual a doença não faz mais parte, és um Ser Uno com o Universo, e nele só existe Amor, Luz e Alegria, tudo é Perfeição e Harmonia, e assim será também a tua nova manifestação de Vida, assim tu o decidas, a ESCOLHA É TUA.

Podes pedir ajuda, para que te orientem, no teu despertar, para que te indiquem os diversos Caminhos para a Fonte do Conhecimento e depois seguirás pelo teu pé, escolhendo o Caminho que melhor se adapte ao teu Sentir Interno, porque a mudança de atitude na vida em Amor Incondicional te levará à Cura plena do teu SER.

TU ÉS VIDA

TU ÉS A CURA DE TI
E EU SOU A SEIVA QUE TE NUTRE.

Fiquem na minha Paz

EU SOU A VOZ DO CORAÇÃO

EU SOU


MARLIZ

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

A Solidão e a Tristeza


A solidão e a tristeza
andam de mãos dadas,
juntas são a pobreza
da sociedade mais revelada.
                   
Reveladas por nós,
unidas na mesma dor.
A solidão é atroz
num mundo sem valor.
                   
Valor inesquecível
é a alegria constante.
Tornar a tristeza esquecivel
é um sonho saciante.
                   
Saciante de amor puro
todo o coração anseia,
por mais que seja duro
batalhar sempre nos premeia.

Premeia quem é forte
com determinação e alegria,
para nunca perder o norte
e seguir a sua fantasia.
                   
Fantasia de ser amado
por alguém com ternura,
emitir um alerta “Procurado”
e sentir o calor da aventura.
                   
Aventura realizada...
A solidão não tem companheira “pois”
a tristeza fica afastada

por uma união verdadeira: “nós dois”.

Rosa

sábado, 28 de outubro de 2017

No teu silêncio ouvirás Deus em ti


"Define-se geralmente o silêncio como a ausência de barulho, de agitação. Não, o verdadeiro silêncio é muito mais do que uma ausência de barulho, ele está mesmo acima da palavra, acima da música, é um mundo de luz, um centro poderoso de onde jorram todas as criações.

O silêncio é a verdadeira expressão de Deus. Mergulhai-vos nele esforçando-vos por deter o vosso pensamento. Sentireis uma tal harmonia expandir-se em vós que pode suceder, nesse momento, que Deus comece a falar-vos, pois só no seio do silêncio e da harmonia é que Deus aceita fazer ouvir a Sua voz."

Texto de Omraam Mikhaël Aïvanhov

Como podem ver não é simples falar de silêncio. Como refere este autor, “o silêncio é a verdadeira expressão de Deus” na medida em que estejamos em condições e na disposição de o ouvir, o que é difícil no mundo tumultuado e turbulento que nos rodeia.

Como fazer então?

Todos nós temos a capacidade de sentir emoções as quais têm como base os nossos sentimentos. Sentir aquelas que mais frequentemente afloram é cuidar de nós mesmos. Sentir a beleza de uma flor, contemplando-a, e vendo como a sua beleza é efémera é sintonizarmo-nos com as Leis da criação. Olhando as formas ritmadas das ondas do mar e respirar a maresia, ajuda a sentir a Energia que nos anima. Ficar durante algum tempo só e em silêncio, observando o fluxo dos nossos pensamentos, também pode ser um dos processos mais aconselháveis para o auto-conhecimento.

Como vêem há diversas formas de fazer o silêncio. Não há desculpa para não dedicarmos pelo menos cinco minutos por dia ao sentir do nosso Mundo interior, sobretudo se já nos apercebemos que nele existe a única realidade verdadeiramente absoluta.

Quem não gostaria de se encontrar com Deus nem que seja durante estes mesmos cinco minutos?

Mas mesmo assim continuas a afirmar que não tens tempo. Como te podes encontrar com ELE se não tens tempo para ti? Afirmas que tens de “ganhar a vida” como se a vida se ganhasse da forma como a vives.

PÁRA! PÁRA! Pára antes que a vida te faça PARAR… porque quando tal acontece, será seguramente da forma menos agradável para teu ego.

Parar por alguns minutos todos os dias e mergulhares no silêncio do teu Mundo interior é uma viagem deslumbrante de descobertas das riquezas que escondes no “baú” da tua intimidade e nem sabes ainda quantas “jóias” vais encontrar lá.

Aí, nesse terreno único do nosso coração podemos cultivar as virtudes que nos mudarão e nos colocarão para sempre no Caminho de Deus Mãe/Pai.

Ninguém muda de um dia para o outro. Mas podes começar já hoje um Caminho de mudança através da vivência, do sentir e de experienciares a tua vida interior.

Um dia, no teu “jardim encantado”, em profundo silêncio, uma voz emerge em teu coração. Estremeces perante tal energia e uma emoção que tu nunca antes tinhas sentido invade-te. No mais profundo de ti surge um calor de uma imensa PAZ e AMOR.

De repente sentes uma presença… e a voz quente de quem te AMA muito profundamente.


Sentes-te completamente arrebatado e choras de alegria como um filho pródigo que retorna a casa. 

Choras porque estás perante Deus.

Aí e só aí ouvirás e discernirás as suas palavras. Aí começarás a tua iluminação. Aí estarás definitivamente na rota da tua Ascensão eterna.

Tu aí que lês estas palavras … o que estás à espera?... Afinal o que pensas que é “ganhar a Vida”?

Não sabes que podes viver a tua vida terrena sempre acompanhada por DEUS Mãe/Pai?

Como é que ainda te queixas que te sentes só e triste?

Vá, desperta para o teu silêncio e começa a caminhar para a LUZ. Não continues a viver como um “zombie” cada vez mais esmagado pelo peso do teu Enorme EGO.


No teu silêncio encontrarás:

- A alegria de viver
- O teu propósito Maior
- A orientação necessária para viveres o teu dia-a-dia
- A tranquilidade e serenidade que reclamas
- A tua mestria interior
- O verdadeiro AMOR INCONDICIONAL
- DEUS na sua magnificência e de imensa sabedoria

E sentir-te-ás para sempre… Profundamente AMADO.


Fica bem

(A Mónada)